Paciente Crônico

É considerado paciente crônico o indivíduo portador de patologia(s) que levam à necessidade de acompanhamento médico prolongado, podendo evoluir ou não para a dependência parcial ou total com os cuidados básicos da vida como: se alimentar, fazer a própria higiene, fazer compras, caminhar, tomar decisões etc.

São exemplos de patologias crônicas: Diabetes Mellitus; Hipertensão Arterial; mal de Alzheimer; mal de Parkinson; Acidente Vascular Cerebral, doenças autoimunes, entre outras.

Estas patologias podem acometer pessoas de qualquer idade, porém, com o aumento da longevidade e número de idosos em constante crescimento no nosso país, essas doenças tornam-se cada vez mais comuns, pois os idosos são mais suscetíveis devido às gradativas alterações fisiológicas que, com o avanço da idade, limitam as funções do organismo, tornando-os cada vez mais dependentes para a realização do autocuidado o que leva à redução ou perda da qualidade de vida. Neste contexto, a hospitalização destes indivíduos passa a ser frequente e por longos períodos.

Grupo Mais