Morangos Silvestres, de Ingmar Bergman, atraiu grande plateia na Sessão Averroes de maio.

28/05/2015

fonte www.obore.com.br

 

Com a sala BNDES lotada - eram cerca de 150 na plateia - a Sessão Averroes do dia 27 de maio  apresentou o clássico Morangos Silvestres, do diretor sueco Ingmar Bergman e convidou o jornalista Sergio Gomes, diretor da OBORÉ, para anfitrionar e conversar com a médica e pesquisadora Guiomar Silva Lopes, atual coordenadora geral de Políticas para Idosos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo sobre a situação da população idosa na nossa cidade.

Guiomar é docente da Unifesp, onde concebeu, décadas atrás, as bases da Universidade Aberta à Terceira Idade - UATI, projeto que se espalhou pela cidade e foi se transformando em iniciativas bastante positivas para a população idosa que vive nas cercanias dos CEUs - Centros de Educação Unificadas, como é o caso do grupo de quinze senhoras da terceira idade de Aricanduva, presentes ao evento na Cinemateca Brasileira.

À frente da Coordenação de Políticas para os Idosos, Guiomar elenca alguns dilemas, onde o maior, segundo ela, é dar oportunidade à população feminina que chegou aos 60 anos, principalmente a de baixa renda, de terminar a sua escolaridade. "Essas mulheres viveram parte de suas vidas cuidando dos outros; precisamos dar atenção a isso, elas tem esse direito", declara a médica, que entende que, de forma geral, o poder público e a sociedade está adiando a discussão sobre as demandas e os cuidados necessários a uma população envelhecida, como políticas de habitação adequadas, instituições de longa permanência, uinidades de atendimento à saúde especializadas, política de formação de cuidadores, etc.

Ao abordar a riqueza da obra de Bergman, Guiomar reconhece que, em geral, todos temos enorme dificuldade em discutir o envelhecimento e a morte. O filme todo é angustiante nesse sentido. Mas, lembra ela, nas cenas finais, a personagem sonha e nesse sonho ele escolhe a vida. "Para mim, essa é a grande mensagem do filme".          

              

Sobre a SESSÂO AVERROES

A SESSÃO AVERROES é um programa permanente da Cinemateca Brasileira desde 2009, fruto de parceria da entidade com a OBORÉ e o Hospital Premier. Batizadas em alusão a Averroes, considerado um dos pais da medicina, as sessões acontecem na última quarta-feira de cada mês, sempre às 19h00, e destinam-se a profissionais e estudantes das áreas da medicina e da saúde e ao público em geral interessado em questões que tangenciam a vida, a morte, o envelhecimento e os cuidados na terminalidade da vida. A atividade conta com apoio da Faculdade de Medicina de Itajubá, do Instituto Paliar, da Academia Nacional de Cuidados Paliativos e da Coordenação de Políticas para Idosos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo.

SAIBA MAIS

COMO FOI A PROGRAMAÇÃO

27.05 | QUARTA | SALA CINEMATECA BNDES

17h30 VISITA MONITORADA PELAS INSTALAÇÕES DA CINEMATECA

18h30 LANCHE DE BOAS VINDAS

19h00 MORANGOS SILVESTRES

20h30 MESA DE REFLEXÃO COM GUIMAR SILVA LOPES E SERGIO GOMES

FICHA TÉCNICA E SINOPSE

Morangos Silvestres. Direção: Ingmar Bergman | Suécia, 1957, p/b,  1h24min | exibição em DVD. Com  Victor Sjöström, Bibi Andersson, Ingrid Thulin e Gunnar Björnstrand.

Renomado professor de medicina decide percorrer de carro a estrada que vai de sua cidade natal até a Universidade de Lund para receber um prêmio pelos seus 50 anos de carreira. No caminho, relembra os principais momentos de sua vida, evoca momentos em família, antigos amores, alegrias, decepções, desilusões, ressentimentos e sente medo da morte que se aproxima. Considerado um dos mais belos filmes do cinema de arte, Morangos Silvestres é uma obra de referência sobre temas da velhice e da memória.

Classificação indicativa: 14 anos

Mesa de Reflexão  | Convidados

Guiomar Silva Lopes - Médica, docente e pesquisadora na Unifesp, responsável pela criação da Universidade Aberta à Terceira Idade junto à Pró-Reitoria de Extensão da UNIFESP. Atualmente, é Coordenadora geral de Políticas para Idosos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania.    

Sergio Gomes - Jornalista, diretor da OBORÉ, consultor de análise e planejamento de Comunicação em Políticas Públicas e Sociais. Desde 2008, integra a equipe de consultores do Hospital Premier, onde contribui na orientação de atividades educativas e culturais do grupo. 

CINEMATECA BRASILEIRA

Largo Senador Raul Cardoso, 207 | próximo ao Metrô Vila Mariana

Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)

www.cinemateca.gov.br | www.grupomaissaude.com.br | www.obore.com

cr grupomais