Sessão Averroes de maio exibe o clássico Morangos Silvestres, do diretor sueco Ingmar Bergman.

19/05/2015

 

SESSÃO AVERROES DE CINEMA E REFLEXÃO
27 de maio | quarta-feira | 19h
Cinemateca Brasileira | Sala BNDES

A SESSÃO AVERROES é um programa permanente da Cinemateca Brasileira desde 2009, fruto de parceria da entidade com a OBORÉ e o Hospital Premier. Batizadas em alusão a Averroes, considerado um dos pais da medicina, as sessões acontecem na última quarta-feira de cada mês, sempre às 19h00, e destinam-se a profissionais e estudantes das áreas da medicina e da saúde e ao público em geral interessado em questões que tangenciam a vida, a morte, o envelhecimento e os cuidados na terminalidade da vida.

Na sessão de MAIO, a atração é o clássico “Morangos Silvestres”, do diretor sueco Ingmar Bergman. A exibição é seguida de Mesa de Reflexão com a presença da médica Guiomar Silva Lopes e do jornalista  Sergio Gomes. A SESSÃO AVERROES deste mês conta com apoio da Faculdade de Medicina de Itajubá, do Instituto Paliar, da Academia Nacional de Cuidados Paliativos e da Coordenação de Políticas para Idosos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo.

 

ENTRADA FRANCA

 

PROGRAMAÇÃO

27.05 | QUARTA | SALA CINEMATECA BNDES

17h30 VISITA MONITORADA PELAS INSTALAÇÕES DA CINEMATECA

18h30 LANCHE DE BOAS VINDAS

19h00 MORANGOS SILVESTRES

20h30 MESA DE REFLEXÃO COM GUIMAR SILVA LOPES E SERGIO GOMES

FICHA TÉCNICA E SINOPSE

Morangos Silvestres. Direção: Ingmar Bergman | Suécia, 1957, p/b,  1h24min | exibição em DVD. Com  Victor Sjöström, Bibi Andersson, Ingrid Thulin e Gunnar Björnstrand.

Renomado professor de medicina decide percorrer de carro a estrada que vai de sua cidade natal até a Universidade de Lund para receber um prêmio pelos seus 50 anos de carreira. No caminho, relembra os principais momentos de sua vida, evoca momentos em família, antigos amores, alegrias, decepções, desilusões, ressentimentos e sente medo da morte que se aproxima. Considerado um dos mais belos filmes do cinema de arte, Morangos Silvestres é uma obra de referência sobre temas da velhice e da memória.

 

Classificação indicativa: 14 anos

 

Mesa de Reflexão | Convidados

Guiomar Silva Lopes - Médica, docente e pesquisadora na Unifesp, responsável pela criação da Universidade Aberta à Terceira Idade junto à Pró-Reitoria de Extensão da UNIFESP. Atualmente, é Coordenadora geral de Políticas para Idosos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania.    

Sergio Gomes - Jornalista, diretor da OBORÉ, consultor de análise e planejamento de Comunicação em Políticas Públicas e Sociais. Desde 2008, integra a equipe de consultores do Hospital Premier, onde contribui na orientação de atividades educativas e culturais do grupo. 

 

SERVIÇO

CINEMATECA BRASILEIRA | Largo Senador Raul Cardoso, 207 | próximo ao Metrô Vila Mariana

Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)

www.cinemateca.gov.br | www.grupomaissaude.com.br | www.obore.com

cr grupomais