Programação VI Ciclo de Cinema e Reflexão

VI CICLO DE CINEMA E REFLEXÃO: APRENDER A VIVER, APRENDER A MORRER

12 a 15 de setembro de 2013

Cinemateca Brasileira - Largo Senador Raul Cardoso, 207-Vila Clementino, São Paulo, CEP: 04021-070 

(11) 3512-6111 

www.cinemateca.com.br

 

PROGRAMAÇÃO

TEMA: ÉTICA E BIOÉTICA: DESAFIOS DO NOSSO TEMPO

Inscrições abertas para a jornada de Bioética a partir de 03/09

QUINTA – 12/09/2013

Sala Petrobras

18h00 Abertura solene e lançamento da revista Prata da Casa 6

19h00 exibição de filme seguida de mesa de reflexão

Filme: Blade Runner, o Caçador de Andróides. Estados Unidos / Hong Kong, 1982. Duração: 117 minutos. Direção: Ridley Scott. Com: Harrison Ford, Rutger Hauer, Sean Young.

Sinopse: No início do século XXI, uma grande corporação desenvolve um robô que é mais forte e ágil que o ser humano e se equiparando em inteligência. São conhecidos como replicantes e utilizados como escravos na colonização e exploração de outros planetas. Mas, quando um grupo dos robôs mais evoluídos provoca um motim, em uma colônia fora da Terra, este incidente faz os replicantes serem considerados ilegais na Terra, sob pena de morte. A partir de então, policiais de um esquadrão de elite, conhecidos como Blade Runner, têm ordem de atirar para matar em replicantes encontrados na Terra, mas tal ato não é chamado de execução e sim de remoção. Até que, em novembro de 2019, em Los Angeles, quando cinco replicantes chegam à Terra, um ex-Blade Runner (Harrison Ford) é encarregado de caçá-los.

Moderador: Kleber Lincoln Gomes

Mesa: Olga Futemma e Ismail Xavier

 

SEXTA – 13/09/2013

Sala Petrobras

Jornada de Bioética: DECISÕES ÉTICAS NO FINAL DA VIDA (inscrições gratuitas/limitadas)

15h30 Mini conferência: Dra Maria Goretti Sales Maciel

16h00 Mesa de Discussão de Caso Clínico - Profissionais da saúde

O final da vida sempre suscitou dúvidas e atemorizou o médico e demais profissionais de saúde. Como conduzir o paciente que piora a cada dia, apesar de todos os esforços terapêuticos? Como tomar decisões que possam trazer real benefício para o doente? Qual a obrigação legal do profissional diante do doente que vai morrer? E o dever moral?

Apesar de reconhecido ética e juridicamente no Brasil como abordagem adequada no tratamento de pessoas em fase final da vida, os Cuidados Paliativos continuam sendo um grande desconhecido para a maioria dos profissionais de saúde. A Dra. Maria Goretti Sales Maciel e o Dr. José Eduardo de Siqueira convidam profissionais de saúde para uma reflexão sobre este tema delicado através de uma mesa de discussão de diferentes casos clínicos. O objetivo da tarde é esclarecer dúvidas e propor instrumentos aos profissionais que facilitem a tomada de decisões diante da terminalidade da vida.

19h00 exibição de filme seguida de mesa de reflexão

Filme: A Bela que Dorme (La Bella Addormentata) França / Itália, 2012. Duração: 110 minutos. Direção: Marco Bellocchio. Com: Toni Servillo, Isabelle Huppert, Alba Rohrwacher.

Sinopse: Eluana Englaro está em coma vegetativo há 17 anos. Entre diversas polêmicas religiosas e morais, seu caso é levado ao parlamento italiano, que pode decidir desligar os aparelhos que a mantêm viva. O caso de Eluana reflete na vida de diversos personagens, com crenças e ideologias muito diferentes. Um senador de esquerda (Toni Servillo), que sempre acreditou na morte digna para enfermos, sofre pressões do partido conservador pelo qual foi eleito. Sua filha, Maria (Alba Rohrwacher), é uma militante católica que decide protestar em frente à clínica onde ocorre a hospitalização de Eluana. No local, ela conhece Roberto, cujo irmão é um feroz defensor da eutanásia. Uma mulher, presa a aparelhos, pede em segredo ao marido que acabe com seu sofrimento, mas o pedido chega aos ouvidos da filha. Ao mesmo tempo, uma mãe bastante religiosa (Isabelle Huppert) cuida da filha em coma, enquanto negligencia o resto da família. Por fim, uma mulher dependente de drogas deseja a todo preço cometer suicídio, mas não consegue escapar à vigilância de um médico idealista, que pretende lhe dar uma nova razão para viver.

Moderador: David Braga Jr.

Mesa: José Henrique Torres e José Luíz Del Roio

 

SÁBADO – 14/09/2013

Sala Petrobras

Jornada de Bioética: DIRETIVA ANTECIPADA DE VONTADE (inscrições gratuitas/limitadas)

15h30 Mini conferência Dr. José Eduardo de Siqueira

15h30 Mesa redonda sob a perspectiva do paciente e família

Estamos há um ano da publicação da resolução 1.995/12 do Conselho Federal de Medicina, que pela primeira vez dispôs explicitamente sobre as Diretivas Antecipadas de Vontade dos pacientes. Para lançar luz sobre este importante passo na medicina brasileira, ocorrerá na Jornada de Bioética durante o VI Ciclo de Cinema e Reflexão uma tarde de discussões sobre o tema. O Dr. José Eduardo de Siqueira fará conferência discutindo a importância das DAV sob o olhar da bioética e posteriormente uma mesa de discussão será formada com um familiar de paciente, Virgínia Freitas, que utilizou-se da resolução e com a Psicóloga Debora Genezini, que trabalha com cuidados paliativos. O objetivo da mesa de discussão é trazer o público para o debate das DAV e sobre as questões práticas relacionadas ao seu uso no dia a dia da prática clínica.

19h00 exibição de filme seguida de mesa de reflexão

Filme: Amor (Amour) França / Alemanha / Áustria, 2012. Duração: 127 minutos. Direção: Michael Haneke. Com: Jean-Louis Trintignant, Emmanuelle Riva, Isabelle Huppert.

Sinopse: Georges (Jean-Louis Trintignant) e Anne (Emmanuelle Riva) são um casal de aposentados, que costumava dar aulas de música. Eles têm uma filha musicista que vive com a família em um país estrangeiro. Certo dia, Anne sofre um derrame e fica com um lado do corpo paralisado. O casal de idosos passa por graves obstáculos, que colocarão o seu amor em teste.

Moderadora: Maria Goretti Sales Maciel

Mesa: José Eduardo de Siqueira e Márcio Fabri

 

DOMINGO – 15/09/2013

Sala BNDES

14h00 Cerimônia de Entrega do Prêmio Averroes

Doutor em Medicina, Professor de Clínica Médica e Bioética da Universidade Estadual de Londrina (UEL), membro assessor da Rede Latinoamericana e do Caribe de Bioética da Unesco (Redbioética) e integrante do board da International Association of Bhioethics. Foi presidente da Sociedade Brasileira de Bioética (SBB) no período 2005-2007 e atua como membro da Câmara Técnica sobre Terminalidade da Vida e Cuidados Paliativos do Conselho Federal de Medicina (CFM). Seu trabalho persistente no vasto campo da Bioética, assim como sua ilibada reputação de homem público, de profissional e de educador exemplares, conferem-lhe predicados mais que suficientes para ser homenageado com o Prêmio Averroes 2013.

16h00 Concerto Ensemble SP Camerata em homenagem ao Dr. José Eduardo de Siqueira

 

Realização

Premier Hospital

Saber MAIS - Educação e Pesquisa

Cinemateca Brasileira

OBORÉ Projetos Especiais em Comunicações e Artes

Apoio

Faculdade de Medicina de Itajubá

Academia Nacional de Cuidados Paliativos

Instituto Paliar

cr grupomais