Música nos Hospitais - Emiliano Castro

IMG 8777

"Entre os vários saberes que tratam da lembrança e da memória - tão celebradas aqui no Premier - um deles, mais sensorial, é o de experimentar a música, vivendo-a", disse Emiliano Castro. O professor, compositor e violonista utiliza sua música para trazer ludicidade ao cotidiano do Hospital, provocando uma quebra na rotina dos colaboradores.

Há pouco mais de um ano e meio ele atua no Premier com a “Hora Lúdica”. A atividade é destinada a colaboradores da instituição e visa integrar a equipe e nutrir maneiras positivas de enxergar o outro. Além disso, é uma ferramenta de combate à Síndrome do Esgotamento Profissional, conhecida como Síndrome do Burnout.

Castro conduz a atividade com base no método “O Passo” - criado em 1996 pelo músico e educador Lucas Ciavatta - que entende o processo musical “como um fenômeno indissociável do corpo, da imaginação, do grupo e da cultura”.

“Eu nunca dei aula sem pensar um pouco no contexto e nas culturas do mundo”, afirma o músico. Formado em Ciências Sociais, ele utiliza essa formação também como “arsenal” para a atividade que desenvolve no hospital. Para ele, o que faz na instituição é também um processo formativo, de reflexão coletiva, principalmente do ponto de vista cultural.

Pessoalmente, o que mais lhe impacta ao desenvolver este trabalho é estar rodeado de pessoas “com valores republicanos e uma luta muito clara”, que refletem sobre a vida e sobre o período em que vivem. Em suas palavras, é um “oásis progressista” de ideias e informações que condizem com a forma como vê o mundo.

Assista ao vídeo com Emiliano Castro gravado no Hospital Premier:

 

 

Mais informações sobre o método d’O Passo acesse: www.institutodopasso.org.br

Curta a página do Premier no Facebook:www.facebook.com/hospitalpremier 

 

cr grupomais