Conheça o canal do Grupo MAIS

Assembleia Repórter - Cuidados Paliativos 

 Veja a reportagem sobre Cuidados Paliativos do programa Assembleia Repórter da TVALESP, onde o trabalho realizado no Hospital Premier é destaque.

 

Mesa de Reflexão - Sessão Averroes - Fevereiro 2014  - Filme: Medicina do Futuro: realidade ou ficção? 

 Série Caminhos da Reportagem / TV Brasil / EBC. Direção: Bianca Vasconcellos.

 

)

 

Mesa de Reflexão - Sessão Averroes - Novembro de 2013 - Filme: O Caminho para Casa

A última SESSÃO AVERROES de 2013, realizada nesta terça (26), na Cinemateca Brasileira, foi marcada pela reflexão sobre o tabu social que cerceia as discussões sobre a morte, o papel das UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) nos hospitais e os atendimentos prestados pelos serviços funerários.
O encontro contou com a presença de Maria Júlia Kovács, psicóloga, pesquisadora e professora Livre docente do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, onde coordena o Laboratório de Estudos sobre a Morte, e Giovanni di Sarno, médico especialista em pediatria, saúde pública e administração hospitalar, consultor do Centro de Estudos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (CEALAG) e docente do programa de pós-graduação em Administração Hospitalar pela Faculdade de Medicina da Santa Casa, além da mediação da médica paliativista Dalva Yukie Matsumoto.

A conversa foi precedida pelo filme "O Caminho para casa", do diretor chinês Zhang Yimou, que conta a história de um homem que, a pedido da mãe, precisa levar o corpo de seu pai da cidade onde este morreu até a vila em que vivera. Em respeito à tradição local, o caixão deve ser carregado a pé pela comunidade.

Texto: OBORÉ - João Paulo brito

 

Mesa de Reflexão - Sessão Averroes - Outubro de 2013 - Filme: História Real

Em outubro, a SESSÃO AVERROES aborda a reconciliação familiar em fases de enfermidade a partir da exibição do filme “História Real”, de David Lynch.

A exibição, seguida de Mesa de Reflexão, acontece às 19h do dia 15 (terça), na Sala Petrobrás da Cinemateca Brasileira - excepcionalmente antecipada devido a interrupção das sessões em agosto e setembro, por conta da realização do VI Ciclo de Cinema e Reflexão: Aprender a Viver, Aprender a Morrer.

Os convidados para a conversa são Dalva Matsumoto, oncologista e paliativista, coordenadora da Assistência Domiciliária e da Hospedaria de Cuidados Paliativos do Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo e diretora clínica do Hospital Premier, e Silvana Tótora, professora do Departamento de Política da PUCSP, onde é  docente nos  programas de Estudos Pós-graduados em Ciências Sociais e em Gerontologia e pesquisadora do Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política (NEAMP).

“História Real” relata, com beleza e delicadeza emocionantes, a viagem de um velho fazendeiro americano que parte em busca de seu irmão, com quem não fala há anos, mas porque soube que está doente, quer reencontrá-lo para que possam se reconciliar.  

 

Assista como foi o VI Ciclo de Cinema e Reflexão Aprender a Viver, Aprender a Morrer

 

Neste ano, a sexta edição do Ciclo de Cinema e Reflexão: Aprender a Viver, Aprender a Morrer, realizada na Cinemateca entre os dias 12 a 15 de setembro, teve sua programação composta por filmes que dialogam com o tema central “Ética e Bioética: desafios do nosso tempo”.

O evento foi aberto, na quinta (12), com “Blade Runner , o caçador de andróides”, de Riddley Scott, e, na sequência, uma Mesa de Reflexão com Olga Futemma e Ismail Xavier, com mediação de Kleber Lincoln Gomes.

Também marcou a cerimônia de abertura o lançamento da revista “Prata da Casa 6 – escritas e depoimentos sobre gênese, trajetória e perspectivas do GRUPO MAIS”.

 

“A Vida por um Fio” - diferentes olhares sobre a terminalidade da vida

 O trabalho contou com a participação do Hospital Premier /Grupo MAIS e foi produzido pela TV Brasil (gerida pela EBC - Empresa Brasil de Comunicação). A reportagem trata de questões acerca da terminalidade da vida e dos cuidados paliativos.

 Ficha técnica:

 Sinopse: Você vai conhecer personagens que viveram mais que as expectativas médicas depois que deixaram a UTI. Como o médico deve agir com o paciente que troca o hospital pela casa mas não pode dispensar o tratamento? As famílias reconhecem que no início ficam inseguras, mas depois se sentem compensadas em acompanhar com cuidados e atenção os últimos dias de uma pessoa querida. E como se tornar um médico que aprende a lidar com a morte? Os estudantes de medicina de uma faculdade de Minas Gerais têm a resposta. Neste programa você vai ver como a morte é tratada com naturalidade e delicadeza por uma enfermeira que sofre, se diverte e é uma grande parceira dos pacientes de um hospital público de São Paulo.

 Reportagem: Luciano Cherubini; Imagens: Nilton de Martins; Apoio de imagens: Marcelo Aparecido; Produção: Alessandra Valenti, Ana Carolina Amaral, Fernanda Balsalobre, Luciano Cherubini, Marcelo Zanini e Mayara Lopes; Edição de Imagens e Finalização: Jorge Carvalho; Apoio de edição de imagens: Fernanda Caccese; Edição de texto e direção: Bianca Vasconcello

 

 

V Ciclo de Cinema e Reflexão: Aprender a Viver, Aprender a Morrer

Reportagem do V Ciclo de Cinema e Reflexão: Aprender a Viver, Aprender a Morrer, realizado entre os dias 3 e 7 de setembro na Cinemateca Brasileira.

 

 

Show 100 anos de Música Popular Brasileira

Show com os Músicos da primeira turma do Curso de Músicos Atuantes em Hospitais do Hospital Premier/ Grupo MAIS

O espetáculo aborda, num misto de narrativa e música, a trajetória do que se constitui na mais exuberante música popular do planeta. O show exibiu um seleto repertório que parte de fins dos anos 1800 até a década de 1980.

Show realizado na Cinemateca Brasileirano dia 7 de setembro de 2012, durante o V Ciclo de Cinema e Reflexão Aprender a Viver, Aprender a Morrer.

Apresentação: Gabriela Jahnel e André Toffoli

Roteiro: Tárik de Souza e Ivan Vilela

Direção musical: Ricardo Matsuda

Direção cênica: Ana Flávia Basso

Direção artística: Ivan Vilela

Cantoras e cantores:

Divyam Shola

Lucila Matsumoto

Mariana Zacharias

Mariana Corado

Paula Jucá

Teka Maris

Vânia Lucas

Bruno Sanches

Elder Costa

Juarez Travassos

Gilberto Pastore

Corjesu Alves

Instrumentistas:

Ana Cláudia Cesar (cavaquinho)

Bebel Ribeiro (flauta)

Bruno Menegatti (rabeca / viola arco)

Bruno Sanches (viola caipira)

Elder Costa (violão / guitarra)

Guilherme Ribeiro (teclados / acordeon)

Gilberto de Syllos (contrabaixo)

Lucas Casacio (bateria / percussão)

Luciano Mendes (percussão)

Mariana Corado (violino)

Ricardo Matsuda (violão)

Zé Guerreiro (viola caipira)

Grupo Mais